Foto: Junior Diaz

A Cypher #2 está no ar. Mais dois produtos da vivência e da troca realizadas entre MCs foram lançados hoje. Neste novo lançamento do projeto CypherLab, cinco artistas maringaenses rimaram com Clara Lima em cima de um beat produzido pelo DJ Coala. São eles: Lucas Barud Bacon (Chapeleiro), Luisa Krauze (Lubs), Rafael Augusto Chagas (RChagax), Lucas Marlon de Almeida Ribeiro (Lucas Loco) e Paulo Sergio Luiz Junior (Paul Jay).

Quatro outras obras serão lançadas no YouTube, toda sexta-feira, até o dia 3 de maio. As próximas duas cyphers contam com as participações de DJ Skeeter e Inglês, Badsista e Slim Rimografia. Futuramente, as músicas também estarão nas plataformas de streaming.

Para RChagax, a experiência de gravar com outros artistas e com uma produção profissional  foi inigualável. “É outra vivência, outro bagulho. Aprendi pra caramba com a geral, com os outros artistas, com os produtores e todo mundo que fortaleceu”, completa o MC de apenas 15 anos de idade.

O “trapzão bate cabeça” do DJ Coala, como bem descreveu Chapeleiro, rendeu boas letras, começando pelo aviso de RChagax: “O meu time chegou, só tem MC brabo, nós é do tipo que não dá mole pra safado”. Seguido com frases marcantes de Chapeleiro: “Todo dia um inocente baleado, perdido sem esperança. Outro alguém que só queria chegar lá no seu barraco e dar um braço na criança”. Lubs: “Pode apagar a luz e abrir a janela que ainda tá
cedo. Confundindo a realidade com o que te dá mais medo”. Lucas Loco: “Gente opressora que ama o poder e os que têm o poder de amar”.

Mais uma vez, as vozes foram gravadas durante uma tarde no Estúdio Drago, com conselhos e opiniões de Clara Lima e todos os MCs.

+ sobre a CypherLab

Dessa vez com tempo claro e sol forte, o mesmo frigorífico abandonado foi o set das filmagens, no segundo dia, realizadas novamente por Jean Furquim (Giramundo Filmes). As luzes azul e vermelha ambientaram melhor o “trapzão” durante todo o vídeo. Sempre na cola de todos, Max Miranda (Fenda) registrava os bastidores e já pensava como seria esse segundo episódio do webdocumentário.

“Uma experiência massa, nova, que eu nunca tinha vivido. A ideia do projeto é de se parabenizar, porque a sociedade precisa de mais cultura. E se a gente está dando oportunidade para isso, é uma coisa legal. Além de fortalecer o rap, assim como eu fui e venho sendo fortalecida”, comenta Clara Lima.

E realmente fortaleceu. O sentimento de gratidão foi unânime entre os participantes, sempre se referindo à humildade e a disposição de ajudar e
fortalecer de Clara. “Foi muito bom trabalhar com a Clara Lima. Cheguei com a minha letra, meio nervoso, achando que ela não tinha escutado, mas ela disse que já tinha ouvido de todo mundo. Mesmo assim, ela falou pra gente começar do zero e ela mesmo pegou o radinho e começou a escrever”, relata Chapeleiro.

Paul Jay completou: “Cada ideia, cada palavra influencia e ajuda. É um passo a mais na carreira. Várias visões sobre produção, sobre cantar, sobre postura, sobre tudo.” Apesar do nervosismo de estar ao lado de Clara Lima e Jean Furquim, rimando no beat do DJ Coala, todos acreditaram no próprio trabalho, venceram o nervosismo e foram selecionados entre todos os participantes.

CypherLab é contemplado pelo Prêmio Aniceto Matti, da Prefeitura Municipal de Maringá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semuc).


Ficha Ténica | Cypher #2

Produção Musical: DJ Coala
Letra:
Clara Lima
Lucas Barud Bacon (Chapeleiro)
Luisa Krauze (LUBS)
Rafael Augusto Chagas (RChagax)
Lucas Marlon de Almeida Ribeiro (Lucas Loco)
Paulo Sergio Luiz Junior (Paul Jay)

Captação de vozes: Estúdio Drago
Mix/master: DJ Coala
Direção/Filmagem/ Edição/Finalização: Jean Furquim (Giramundo filmes)
Diretor artístico: Gabriel Cezalli Masson
Diretor de comunicação: Diogo Correa
Diretor de produção: Max Miranda
Fotógrafo: Junior Diaz
Produção/styling: Cristina Tamie Hara
Auxiliar de produção: Samuel Gustavo

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

‘Expresso da meia noite’: espetáculo leva público de ônibus para local desconhecido

Nova montagem da Cia Tipos & Caras estreia nesta sexta-feira (13), e promove reflexão sobre a morte e a brevidade da vida
POCKET

Indexsonnora divulga o primeiro DVD de rap gravado no Teatro Barracão

"Mistério do Rap", gravado nos dias 8 e 9 de junho em Maringá, está disponível online
POCKET

Sesi Música apresenta: Trio Serra Acima convida Yassir Chediak e Renato Teixeira em Maringá

O projeto Sesi Música recebe show clássico de grandes nomes da música de raiz
POCKET

Tradicional festa Kitutê de Batuta acontece neste sábado em Maringá

O projeto Kitutê de Batuta, festa tradicional de cultura afro-brasileira realizada pela Associação Cultural Capoeira Mandinga-ê ...