No Dia Internacional da Música, a Circular Pocket traz 15 motivos pra você começar a escutar (ou passar a escutar ainda mais!) os sons que são feitos aqui, na Cidade Canção. Com representantes do rock, hardcore, rap, samba, groove e pop, a playlist – que está lá no final do post – mostra que Maringá tem música para todos os ouvidos. E essa é só uma parte do que a cidade tem para oferecer!

Sollado Brazilian Groove

Na ativa desde 2010, a Sollado Brazilian Groove  lançou seu primeiro álbum, ‘Para todos os efeitos’, em 2014. A banda – formada por Valter Rosini, Fernando Morete, Pipo Cisneros, Gabriel Moraes, André Lauer e João Paulo – reúne elementos do samba, maracatu, hip-hop, dub, reggae e psicodelia. Eles já se apresentaram em grandes eventos como o Festival Psicodália e dividiram o palco com nomes como Nação Zumbi, Bnegão e Seletores de Frequência, Elo da Corrente e Autoramas.

Rafael Morais Trio

Com influência de ritmos regionais brasileiros como o frevo, baião e carimbó – e ainda bebendo um pouco das fontes do dub e do afrobeat  – o som do Rafael Morais Trio mistura groove e poesia. Formada por Rafael Morais, Gabriel Moraes e André Lauer, a banda tem um EP ao vivo lançado em 2014 e planeja soltar um álbum de inéditas em breve.

Cambaia

Ricardo Farias e Francisco Alves formam a banda Cambaia, uma das revelações mais originais da música maringaense nos últimos tempos. Com letras singelas e harmonias digitais, o som da dupla é daqueles que te fazem cantarolar o dia todo.

Stolen Byrds

Edwardes Neto, João Manoel, Guz Oliveira, AJ Adilson Filho e Bruno de Abreu formam a Stolen Byrds, que tem quatro anos de história e é, atualmente, uma das principais representantes do rock and roll maringaense. A banda tem dois álbuns lançados – o mais recente (o homônimo Stolen Byrds) saiu no início de 2016 e traz 13 faixas que misturam heavy metal, rock progressivo e uma boa dose de psicodelia.

Dogday

Dogday nasceu em meados de 2011 e tem influências que passam pelo grunge, metal, punk e hardcore. A banda já tem um EP lançado e está em estúdio para a gravação de seu primeiro full álbum.

Corona Kings

Corona Kings é uma banda que surgiu em 2012 e faz um som garage-grunge-stoner-rock. Os maringaenses – que hoje residem em São Paulo – Caique Fermentão, Antonio Fermentão, Felipe Dantas e Murilo Benites misturam influências de bandas de rock clássicas e atuais em um som que é pura energia.

Indexsonnora

Na ativa desde 2006, a Indexsonnora  traz músicas que incitam o questionamento e a contestação do status quo, abordando temas como política, religião, preconceito e violência. Suas influências passam pelos clássicos do rap norte-americano e nacional, o nu-metal e o rapcore. Em 2011 a banda lançou a demo “Questão de Opinião” e, depois de uma longa pausa, está voltando à ativa com nova formação.

Ivan Marinheiro

Um dos membros do grupo de rap Inteligência Verbal – que está na ativa desde 2005 – Ivan Marinheiro lançou seu primeiro álbum (Consciência Coletiva) em 2012 e desde então já dividiu o palco com artistas como Negra Li, Planta e Raiz, Projota, Emicida e Racionais MC’s. Em suas músicas, o MC fala sobre a sua realidade sem esconder o sotaque pé vermelho.

R-evolusom

R-evolusom é mais um representante do rap maringaense. O grupo é formado por Hugo (Cirilo), Leandro (16deluxo) e Dj Tiu D e se destaca por usar o formato tradicional de banda (com guitarra, bateria e baixo) como base nos sons.

Manada Crew

Outro representante do rap, o Manada Crew se tornou realidade em meados de 2013, entre gravações no estúdio com os amigos, papos de esquinas pela madrugada e muito freestyle. Formado por Cleiton Junior, Lubes, Gregory, Raphael Fubá e Dj Donnatus, o grupo procura fazer músicas livres e com sentimento, tanto nas composições quanto nas batidas.

Rubia Divino

Com a música afro-brasileira e regionalista somada a um timbre de arrepiar, Rubia Divino lançou recentemente um compacto acústico onde interpreta grandes nomes da música nacional e traz duas faixas autorais como prévia do seu primeiro álbum – ‘Tudo que transborda’- previsto para ser lançado ainda em  2016.

Retrosense

Formada em 2012 por Rash, Otávio Kosak e José Roberto, a Retrosense apresenta canções em inglês que passam pelo pop rock, folk rock e punk rock. Apesar de jovem, a banda já tem dois EPs já lançados (Raindrops, 2012 e Wind Chimes, 2015) e em 2014 foi destaque nacional ao ser uma das selecionadas para participar do reality show  da Sony, ‘Breakout Brasil’.

Betty by Alone

Uma das bandas mais experientes da cena independente maringaense, o Betty by Alone lançou seu primeiro disco em 2002 e faz um rock alternativo delicioso de escutar. Nesses 14 anos de história, já participaram de projetos mundiais de música independente e abriram shows de bandas como a nova-iorquina Nada Surf.

Drawtheline

Na correria desde 2004, o Drawtheline é hardcore com letras diretas e positivas, no português da velha escola, simetria dos riffs, graves e batidas com a melodia, beat/breakdown. A banda é formada por Thiago Albertine, Gustavo Mazetto, Dino, Miaggy e Allan Ribeiro.

Comsequência

Formada por Eduardo Rodrigo, Silvio Junior, Gary Azevedo, Firmino Junior e Allan Ribeiro, Comsequência tem influências que vão do metal ao rock alternativo e é outra banda que representa muito bem o hardcore maringaense.

Stone Ferrari

Stone Ferrari teve seu primeiro contato com a música aos 13 anos e não demorou muito para perceber que essa seria sua escolha de carreira para o resto da vida. Depois de ganhar uma experiência de peso trabalhando em grandes estúdios de São Paulo (SP), o músico, produtor e compositor voltou à Maringá (PR), onde desempenha um papel bem importante na cena cultural da cidade.

Você conhece outras bandas locais que merecem chegar a todos os ouvidos? Manda pra cá nos comentários.

É só soltar o play!

 

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

Old Skull Guz lança clipe de ‘Lovin Odissey’

Single faz parte do primeiro disco “Mutt”, de 2019.
POCKET

Artista LGBTQIA+ de Maringá lança EP inspirado na quarentena

Com quatro faixas, o projeto utiliza a bandeira LGBTQIA+ como forma de representatividade e para enfatizar a diversidade.
POCKET

Cosmic Flow: banda Mind Reverse lança novo álbum

Banda maringaense lançou novo álbum no último dia 13.
TV

Projeto Piloto: Indexsonnora

Trio maringaense se apresenta durante um ensaio para seu primeiro DVD ao vivo.