Descentralizar e facilitar o acesso dos maringaenses que estão fora das áreas centrais à produção cultural local: esses são os principais objetivos do Itinerante Música e Poesia, evento que vai levar 20 bandas e escritores para apresentações gratuitas em cinco bairros da cidade.

“Consideramos importante levar o projeto para diferentes bairros (cada um correspondente a uma região da cidade) porque ele oportuniza o acesso da população maringaense aos artistas que, por vezes, não são conhecidos pela mesma. Além disso, desejamos despertar a curiosidade dos moradores para o consumo da cultura produzida na região, como também incentivá-los a produzir conteúdo cultural, como música e literatura por exemplo”, explicam os produtores do evento, Pedro Marques e Érica Paiva Rosa.

Realizado com apoio da Secretaria de Cutura com verba do Prêmio Aniceto Matti, o projeto foi idealizado pensando na valorização dos artistas locais “(…) principalmente aos da área literária, a qual não tem uma difusão tão intensa quanto a da música”. Até o mês de abril, vão rolar cinco eventos quinzenais, sempre aos domingos a tarde, nos bairros Jardim Alvorada, Borba Gato, Vila Operária, Conjunto João de Barro e  no Distrito de Iguatemi. A cada domingo, duas bandas e dois escritores locais terão a chance de mostrar seus trabalhos.

A escolha dos artistas foi feita pensando na diversidade de estilos: na música, vai ter rock, punk, rap e experimental. Na literatura, foram convidados autores que estão ativos mas nunca tiveram a oportunidade de publicar seus trabalhos e serão expostos textos com temas sociais, subjetivos, realistas e de protesto. “Outro quesito para a escolha dos artistas foi que todo o conteúdo (músicas e textos) deveria ser em Língua Portuguesa para facilitar o acesso da população às produções”, contam Pedro e Érica.

Rap na praça

A quarta edição do evento rola nesse domingo (19), a partir das 15h, na Praça Zumbi dos Palmares (Conjunto João de Barro I).

O som vai ficar por conta do R-Evolusom, um dos mais tradicionais grupos de rap maringaense, formado por Hugo (Cirilo), Leandro (16deluxo) e Dj Tiu D. Eles vão dividir o palco com o Indexsonnora – que depois de um longo hiato, está voltando a ativa em nova formação, com Elton Reis, Felipe Halison e DJ Friza.

A exposição literária vai reunir os trabalhos dos autores Murilo Rigo e Giovana Correia.

Acesse a agenda cultura completa da cidade no Enjoy Maringá!

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

ALTERNATIVA festival #tanarede

Festival #tánarede movimenta o fim de semana em Maringá

Em quase 4 horas de programação gratuita, o evento vai transmitir apresentações de slam, teatro/performance, a dança e música
ALTERNATIVA

Artistas e produtores culturais de Maringá fazem ações para custear projetos e espaços culturais

Afetados pelas paralisações, profissionais da cultura buscam fontes alternativas de receita por meios digitais.
TV

Projeto Piloto: Indexsonnora

Trio maringaense se apresenta durante um ensaio para seu primeiro DVD ao vivo.
POCKET

Semana do Hip Hop conta com participação de artistas de street art em três pontos da cidade em Maringá

Evento começa hoje (20) e vai até domingo, com quase 20 eventos gratuitos de dança, música, grafiti e poesia.