A Rede de Apoio aos Trabalhadores das Artes de Maringá e a Coletiva Mostra Multicultural promovem neste sábado (18) o festival #tánarede, transmissão online com a participação de 12 atrações maringaenses.

O evento vai ao ar a partir de 17h no canal da Coletiva no YouTube. O objetivo é captar recursos para a manutenção do espaço cultural fechado em função da pandemia e auxiliar outros artistas e espaços em dificuldade.

Participam do festival artistas que representam o slam, o teatro/performance, a dança e a música. São eles: Ana Favorin, Ariadine Gomes, Bixa Preta 69, Bolinha Podre, Cia Duo Due e Adilson Filho, Claudio Caldeira e Leo Portuga, Devequi, Indexsonnora, Isabela Stresser, Isadora Yalodê, Lucas Trabuco e Serena Vieira, com a apresentação de Paula Mariá Riemer.

Serão quase 4h de programação ininterrupta e durante o evento será possível fazer contribuições financeiras.

festival #tanarede
Bixa Preta / Foto: Divulgação

Sobre os realizadores

A Rede de Apoio foi criada em março deste ano, quando todas as atividades artísticas e culturais foram interrompidas e os trabalhadores das artes ficaram sem nenhuma renda.

O objetivo do grupo é promover ações e campanhas para captar recursos e auxiliar essas pessoas.

“A Rede  vem sendo fundamental neste momento, já conseguimos ajudar mais de 50  pessoas e alguns espaços culturais, seja com dinheiro, alimentos e remédios, seja com divulgação. O festival é mais uma ação com este propósito”, comenta a responsável pela Rede, Rachel Coelho.

A Coletiva – Mostra Multicultural é um centro cultural que foi criado em 2018 pela Macuco (Maringá Cultural Cooperativismo) com o objetivo de proporcionar vivências culturais multidisciplinares, com oficinas, workshops, rodas de conversa, shows, apresentações e performances, além de ter um espaço expositivo.

“Precisamos que todos entendam que o que fazemos não é supérfluo nem descartável, mas sim vital para a construção de uma identidade própria, com seus conflitos, questões e propostas. Os artistas ali presentes tem algo a dizer, questionar ou propor e essas ideias não podem se perder”, comenta o coordenador de comunicação da coletiva e um dos realizadores do evento, Diogo Correa.

Festival online #tánarede

Data: Sábado, dia 18 de julho de 2020
Horário: 17h
Como assistir? Pelo canal da Coletiva no YouTube.
Mais informações: @coletivamm e @maringarede

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

Editais de eventos culturais pagam até R$ 3.500,00 em Maringá

A Secretaria de Cultura de Maringá abriu inscrições para dois eventos da cidade. Veja um resumo.
POCKET

Festival de Ilustração começa com ações online e exposição presencial

As ações do projeto começam dia 21 de junho
ALTERNATIVA festival #tanarede

Festival #tánarede movimenta o fim de semana em Maringá

Em quase 4 horas de programação gratuita, o evento vai transmitir apresentações de slam, teatro/performance, a dança e música
ALTERNATIVA Isabel Bogoni - Circular Cultural

Artistas e produtores culturais de Maringá fazem ações para custear projetos e espaços culturais

Afetados pelas paralisações, profissionais da cultura buscam fontes alternativas de receita por meios digitais.