O Teatro Barracão, em Maringá, recebe no dia 27 de julho, a peça LEVANTE!. Concebido por Renata Roel e Fernando de Proença, o trabalho pretende levantar questões sobre a construção da cena e de vínculos em processos conviviais. A entrada é gratuita.

No LEVANTE!, os artistas empilham cadeiras, montam e desmontam a cena enquanto ela acontece – fazem analogias ao micro e ao macro do corpo em relação ao espaço. É sobre empilhar, atravessar, derrubar, escapar, sentar e levantar. Pulsam no risco do que pode desabar a qualquer momento e na urgência de deslocar-se com quem está junto.

Lídia Ueta

Valendo-se da etimologia da palavra LEVANTE!, além de ser referência direta à imagem de um corpo “em pé”, caracteriza-se pela capacidade das pessoas se organizarem para levantar outro sistema econômico, social e político.

Na fricção entre dança e teatro, Renata e Fernando propõem dispositivos que aproximem e promovam deslocamentos na relação entre artista e espectador. Estar junto é a grande transgressão e partilhar do espaço em pequenos e grandes deslocamentos é intencional para que haja encontro no meio do caminho.

Lídia Ueta

Oficinas

Simultaneamente, o projeto oferece duas oficinas gratuitas: “Danças e espaços: poéticas para encontros”, conduzida por Viviane Mortean; e “Imagin(Ação): narrativas poético-políticas para estados de crise: atelier-oficina para manifestações-exposições-ópera”, conduzida por Milla Jung.

A oficina “Danças e espaços: poéticas para encontros” tem como proposta procedimentos ligados a técnicas de movimentos de dança aliados à consciência corporal, escuta de grupo e composição espacial com objetivo de expressão poética. Experienciar apoios, atravessamentos e quedas servirão como pontos de partida para questionamentos a respeito da história da dança, os espaços onde ela ocorre e sua relação com o público. Os participantes serão direcionados a encontrar suas próprias estratégias para comporem seus espaços dançantes.

A oficina “Imagin(Ação): narrativas poético-políticas para estados de crise: atelier-oficina para manifestações-exposições-ópera” tem o propósito de ampliar a imaginação poética como recurso do que podemos chamar de ativismo artístico e possibilitar novas instrumentalizações para a criação de imagens artísticas. Sua metodologia está baseada no compartilhamento de referências e ferramentas da teoria e da prática da arte com os estudantes secundaristas para que, em posse dessas referências imagéticas-conceituais, constituam eles mesmos seus projetos e percursos como produtores de imagens.

Publicação

A última etapa do projeto é o lançamento de uma publicação impressa e de um e-book. O material irá reunir textos de Renata Roel, Fernando de Proença, Viviane Mortean, Milla Jung e Diego Marchioro sobre a experiência de circulação do projeto pelas cinco cidades do interior do Paraná: Pato Branco, Campo Mourão, Maringá, Londrina e Paranavaí. A publicação, que será lançada em Curitiba em novembro, terá distribuição gratuita para bibliotecas e secretarias de cultura das cidades visitadas.

mais informações: levanteprojeto.wordpress.com

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

LEVANTE! tem apresentação gratuita em Maringá

Peça de Renata Roel e Fernando de Proença levanta questões sobre a construção da cena e a relação entre artista e espectador
POCKET

Companhia de dança estreia espetáculo em casas de Maringá

Serão 16 apresentações, realizadas em quatro casas da cidade
POCKET ludmila castanheira

Semana das Artes e da Cultura promove atrações por toda a cidade

A semana vai de 5 a 12 de fevereiro e terá ações de acessibilidade
POCKET

ProjecT.aTo terá samba de roda, lançamentos e feira colaborativa

O projeto chega ao fim com um grande evento nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, no Centro Comunitário do Jardim Alvorada.