Instigar a pesquisa, desconstruir ideias intolerantes, empoderar e propor uma visão ampla sobre a discriminação de gênero no Brasil, sob a perspectiva das pessoas transgênero.

Esses são os principais objetivos do minidocumentário ‘Precisamos falar sobre transgênero’, produzido por estudantes de jornalismo de Maringá, dentro de um projeto acadêmico integrador dos cursos de Comunicação Social (Publicidade & Propaganda e Jornalismo). O material fortalece o debate sobre igualdade de direitos e traz o depoimento de três mulheres transgênero da cidade.

Maria Eduarda Martins
Naomi Neri, Maia Cardoso e Viviane Silvestre falam sobre discriminação de gênero em minidocumentário

O grupo entende que ainda existe muito a ser discutido, porém buscou dar aquele pontapé inicial.

“Fizemos diversas pesquisas, encontramos poucas fontes falando sobre, e percebemos que a mídia não dá abertura para essa discussão”.

Explica Laryssa Cunha, uma das estudantes responsáveis pelo projeto, ao lado de Dee Freitag, Maria Eduarda Martins, Nayara Sakamoto e Renato Crozatti.

Além do minidocumentário, o projeto também virou um site que reúne dados estatísticos, fotos e textos dentro do mesmo tema, com intuito acadêmico e social.  “A ideia de igualdade que queremos transmitir é de que a transgeneridade deve ser debatida nas escolas, na mídia e, principalmente, no poder público”, finaliza Laryssa.

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

“Vou de Bike” e dicas de filme no Dia Nacional do Documentário Brasileiro

Em tempos em que o cinema nacional está em risco, segue sendo desacreditado pela população e achatado pelo poder público, achamos ...
TV

Por que vou de bike? #2

Thiago Botion Neri e Marcos Beto falam sobre o compartilhamento das vias com os ciclistas
TV

Por que vou de bike? #1

Eduardo Simões e Elise Savi contam as vantagens de ir de bike
POCKET

Vou de Bike: mobilidade urbana e o direito à cidade em Maringá

Documentário discute o papel dos ciclistas no acesso e democratização dos espaços públicos