Depois de três meses de seleção e muito trabalho dentro de estúdio e nas ruas de Maringá, o projeto CypherLab lança os dois primeiros produtos: Cypher #1 e o primeiro episódio do webdocumentário que mostrará os bastidores de toda produção.

A Cypher #1 tem participação de Sandrão RZO, Babilônia (Bárbara Ribeiro Samuel), SaraG (Sara Magalhães), JRM (Julia Marques), Natkym (Natália Koyama) e Felipe Index (Felipe Halison). As vozes foram captadas no Estúdio Drago, em Maringá, e a mixagem, masterização e produção musical são de DJ Cia. Direção, filmagem, edição e finalização de Jean Furquim (Giramundo Filmes). A Fenda Produção é responsável pelo webdocmentário.

Assista o primeiro episódio do webdoc

Seis outras obras serão lançadas no YouTube, toda sexta-feira, até o dia 3 de maio. As próximas três cyphers contam com participação de DJ Coala e Clara Lima, DJ Skeeter e Inglês, Badsista e Slim Rimografia. Futuramente, as músicas também estarão nas plataformas de streaming.

Atualmente, o termo cypher é utilizado para denominar vídeos em que diversos produtores se unem para realizar uma obra audiovisual, desde sua concepção musical, estética e ideológica, até um vídeo de alto impacto. E assim  caminhou a produção da CypherLab. No primeiro dia, a letra foi composta e a música foi gravada em estúdio, sempre com dicas e sugestões, tanto de Sandrão, que era ouvido com máxima atenção e admiração, quanto dos outros MCs. No segundo dia, os MCs interpretaram em frente às câmeras de Jean Furquim, em um antigo frigorífico abandonado. Os pingos que previam uma chuva foram a cereja no bolo na composição de toda identidade da obra.

Cypher #1

“Agora é o momento, é a época dos cyphers. Com certeza vai ser um grande fortalecimento de todo eixo, Rio (de Janeiro), São Paulo e todos os outros lugares, e também uma forma de aumentar a visibilidade do rap de Maringá e todo movimento do Sul”, comenta Sandrão, um dos fundadores do grupo de rap RZO, da Zona Oeste de São Paulo, na década de 1980.

Os sentimentos que dominam os cinco maringaenses selecionados para a Cypher #1 são gratidão e coragem. Gratidão por poder participar e aprender com duas figuras com muitos anos de estrada no hip hop, Sandrão e Jean Furquim. Coragem por participar da seleção e, ao mesmo tempo, conviver, trocar experiências e aprender com os dois.

Para a MC Babilônia, a experiência foi muito diferente de qualquer coisa que ela imaginava que fosse participar, principalmente no começo da carreira. “Além da oportunidade de conhecer um cara como o Sandrão, que deu dicas que a gente ainda não consegue perceber sozinha. Ele te dá uma visão mais aberta de todo o negócio”, relata a MC.

Fotos: Junior Diaz

Já para Felipe, integrante do grupo maringaense Indexsonnora, e reconhecido pelo próprio Sandrão como old school no rap, o projeto é importante, pois todos os selecionados podem vivenciar um processo de produção nos moldes mais profissionais possíveis do que temos hoje em dia, com pessoas com longa carreira e conhecimento técnico para orientar os MCs.

+ sobre a CypherLab

A satisfação e a honra de participar e poder trocar ideias também eram sentimentos compartilhados por Sandrão e Jean.

“Eu senti uma energia bem positiva nas pessoas e nos MCs que participaram do projeto. E é um projeto importante, que veio para fortalecer a cena e fomentar a cultura em Maringá. Eu sinto que o Sul tem muito MC bom, que precisa aparecer, e talvez isso seja a oportunidade que falta. Eu rodo o Brasil fazendo videoclipes e nunca tinha visto algo como o CypherLab, achei muito bacana a ideia. Me sinto muito honrado de ter participado. Hip hop é união e esse projeto é um bom exemplo disso”, diz Jean.

CypherLab é contemplado pelo Prêmio Aniceto Matti, da Prefeitura Municipal de Maringá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semuc).


Ficha Ténica | Cypher #1

Produção Musical: DJ Cia

Letra:
Sandrão RZO
Felipe Index (Felipe Halison Pires dos Santos)
Natkym (Natália Hikari Koyama)
Babilônia (Bárbara Ribeiro da Silva Samuel)
JRM (Julia Rodrigues Marques)
SaraG (Sara Gabriele Correia Magalhães)

Captação de vozes: Estúdio Drago
Mix/master: DJ Cia

Direção/Filmagem/ Edição/Finalização: Jean Furquim (Giramundo filmes)

Diretor artístico: Gabriel Cezalli Masson
Diretor de comunicação: Diogo Correa
Diretor de produção: Max Miranda
Fotógrafo: Junior Diaz
Produção/Styling: Cristina Tamie Hara
Auxiliar de produção: Samuel Gustavo

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

Artistas, preparem-se para a Semana do Hip-hop de Maringá!

Festival oferece vagas para apresentações locais remuneradas em 4 categorias
POCKET

Old Skull Guz lança clipe de ‘Lovin Odissey’

Single faz parte do primeiro disco “Mutt”, de 2019.
POCKET

Indexsonnora lança música de protesto ao descaso com a cultura

Clipe faz referência a mais de cem artistas brasileiros
POCKET

Artista LGBTQIA+ de Maringá lança EP inspirado na quarentena

Com quatro faixas, o projeto utiliza a bandeira LGBTQIA+ como forma de representatividade e para enfatizar a diversidade.