Com raízes no hip hop, neste mês pousa em Maringá o projeto Batalha de Poesia, iniciativa que tem o objetivo de enaltecer a formação artística cultural na área da literatura, incentivando a produção literária de jovens que, posteriormente, apresentarão os textos em campeonatos de poesias faladas, conhecidos popularmente como Poetry Slams.

As oficinais acontecem às segundas, terças e quartas-feiras entre os dias 29 de outubro e 15 de novembro. No dia 25 de novembro, os participantes do projeto realizam uma apresentação pública de uma Batalha de Poesia. O projeto conta com apoio da Prefeitura Municipal de Maringá é realizado com verba de incentivo à cultura por meio do Prêmio Aniceto Matti (Lei Municipal 9160/2012).

Érica Paiva Rosa, que é uma das responsáveis pelo projeto juntamente com Pedro Marques e Danilo Guerra, ressalta a importância da poesia na formação de jovens.

“A poesia é uma forma de expressão rica, plural e de grande alcance. Nos últimos tempos, ela tem sido uma das literaturas mais utilizadas pelas comunidades periféricas, nos cenários nacional e internacional, para se manifestarem e resistirem às opressões. Além disso, a poesia colabora para uma formação crítica e reflexiva aguçando a consciência dos jovens sobre si mesmos e sobre os outros. Nós escolhemos trabalhar com a poesia porque ela humaniza!”

As inscrições para as oficinas já estão rolando e vão até o dia 17 deste mês. 

Se liga nas datas:

  • Érica Paiva Rosa vai ministrar a oficina poesia e sociedade durante os dias 29, 30 e 31 de outubro. 
  • Aplicada por Lucas Afonso, poeta de São Paulo, a oficina de criação poética será realizada durante os dias 5, 6 e 7 de novembro. 
  • Aplicada por Vic Sales, também poeta residente em São Paulo, a oficina de batalha de poesia será realizada durante os dias 12, 13 e 14 de novembro.

Nas três oficinas, o participante poderá escolher participar da turma vespertina (13h às 17h) ou noturna (19h às 23h).

Você pode fazer sua inscrição pelo preenchimento do formulário online ou por meio do formulário impresso disponível nas bibliotecas municipais de Maringá. É necessário ir até o local, pegar uma ficha e devolvê-la preenchida na pasta da biblioteca onde a ficha foi retirada.

O Slam

Os Slams são competições poéticas que existem em todo o mundo e têm ênfase na propagação da liberdade de expressão lírica performática, fazendo com que a poesia chegue nas ruas com notáveis aspectos sociais, culturais, políticos e artísticos.

O movimento nasceu em 1986, no Green Mill Jazz Club, um bar frequentado pela classe trabalhadora no norte de Chicago, nos Estados Unidos. No local, Mark Kelly Smith, um operário da construção civil e poeta – em parceria com o grupo Chicago Poetry Ensemble – popularizou a poesia falada, a dissociando apenas dos círculos acadêmicos.

Nas comunidades de slam existem três regras fundamentais mantidas: os poemas devem ser de autoria própria, a apresentação deve ter no máximo três minutos e não são utilizados figurinos, adereços e nem acompanhamento musical.

Confira o vídeo abaixo e sinta-se convidado para participar das oficinas e da Batalha de Poesia.

Para mais informações acesse a página do projeto: @batalhadepoesiapr

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET capa-aries-rubia-divino

Rubia Divino lança ÁRIES, primeiro single do álbum ‘Transborda’

Com clipe gravado em Maringá, a música abre os caminhos para o novo álbum de estúdio da artista, que sai em outubro. Assista agora!
POCKET

Slam Paraná 2021 acontece online neste domingo

A disputa é online, domingo, e terá 12 competidores de várias cidades do estado
CASES

Agenda cultural de Maringá – dia 24 de setembro de 2021

A agenda cultural de Maringá tem atrações gratuitas para o fim de semana e projetos de formação
POCKET

Festival de Ilustração seleciona artistas maringaenses para exposição virtual

A ideia dessa ação é dar visibilidade para ilustradores locais