Foto: Bia Varella

A Trupe Benkady (SP), estará em Maringá para participar da sexta etapa do ProjecT.aTo – a dança como ato,  projeto viabilizado pelo Prêmio Aniceto Matti, da Secretaria Municipal de Cultura.

Nos dias 2 e 3 de agosto, eles realizam uma oficina de dança afro e a apresentação do espetáculo “Nimba”, todos com entrada gratuita.

Trupe Benkady e sua trajetória

A Trupe Benkady é um grupo de pesquisa em dança e ritmos de matriz
africana, em especial a cultura Mandingue, principalmente das etnias Malinké,
Soussou e Baga, povos da Guiné Conacri, país ao oeste da África. Fundado e
coordenado pela dançarina e coreógrafa Flavia Mazal, pesquisadora desta
cultura que, através de estudo aprofundado, coreografou releituras das danças tradicionais dos balés da Guiné Conacri.

O grupo iniciou sua trajetória em 2010, realizando intervenções artísticas e
apresentações em espaços públicos como praças, avenidas, universidades,
calçadões e centros comunitários da cidade de São Paulo.  Em 2013, por meio
de um edital de intercâmbio cultural, Flávia foi a Guiné Conacri participar de um estágio de aperfeiçoamento técnico em dança com os mestres Moustapha Bangoura e Youssouf Kombassa, referências mundiais do balé africano. Assim, nasceu o primeiro espetáculo do grupo, chamado “Diálogos Ancestrais”.

No início de 2017, Flávia novamente se encontrou com seu mestre Youssouf
Kombassa, em uma nova imersão em dança e cultura africana na Colômbia,
promovida pelo Stage Camp África Raices. Graças a essas vivências com os
mestres e o processo desenvolvido com dançarinos em formação surgiu, em
2017, o espetáculo “Nimba”, uma homenagem ao espírito feminino existente
em todos os seres.

“Independente do gênero, toda pessoa traz em si energias masculinas e femininas, que tem a potencialidade de gerar, criar, acolher, nutrir, impulsionar, estimular e transmutar. A Nimba é um ser misterioso que pertence ao mundo da fantasia,  empregada em cerimônias da dança da colheita do arroz, executadas a fim procurar a fertilidade dos campos. Supõe- se que Nimba representa uma divindade de abundância e fertilidade”, explica Flávia Mazal.

Foto: Bia Varella

Utilizando dos elementos e simbologias femininas da natureza, em diálogo com a dança africana, o espetáculo busca gerar a reflexão desta essência maternal existente em cada um de nós, que vai para além de ser mulher, no sentido do sexo e das características físicas, e que tem o poder de se manifestar no tempo e espaço que quiser.

Oficina

Parte das pesquisas e do conhecimento da Trupe Benkady será compartilhado com 40 selecionados em uma oficina nos dias 2 e 3 de agosto, das 10h30 às 12h30, na sala de dança do Teatro Calil Haddad. As inscrições para participar já estão abertas e podem ser feitas pelo formulário online disponível no link.

O objetivo é trazer uma releitura das danças dos balés da Guiné-Conacri e
promover o bem estar físico e mental e a valorização da cultura africana por
meio da dança.  Será ministrada por Flávia Mazal e Nathalia Freitas, acompanhada por música ao vivo.

Os participantes vão experimentar as expressões corporais, rítmicas e imateriais das raízes africanas. A oficina começa com a preparação corporal (fortalecimento, alongamento, condicionamento físico, mobilidade e consciência corporal), fundamentada nos princípios de Pilates Solo e Reeducação do Movimento, visando a melhoria da saúde física e cognitiva.

Serviço

Espetáculo “Nimba”
2 de agosto, às 20h no Teatro Reviver.
Entrada gratuita.

Oficina de dança afro
2 e 3 de agosto, na sala de dança do Teatro Calil Haddad.
Inscrições pelo link: http://bit.do/BENKADY
40 vagas – haverá processo seletivo.

Todas as atividades são gratuitas. Mais informações podem ser encontradas nas redes sociais do ProjecT.aTo:  Instagram e Facebook.

COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

POCKET

Bacurau terá sessão única em Maringá nesta quinta-feira (28)

Filme não entrou no circuito dos cinemas e terá sessão gratuita na cidade
POCKET

Semana do Hip Hop conta com participação de artistas de street art em três pontos da cidade em Maringá

Evento começa hoje (20) e vai até domingo, com quase 20 eventos gratuitos de dança, música, grafiti e poesia.
POCKET

Espetáculo “ATERRA” divulga data de estreia em Maringá

Promovido pelo Projeto Convite ao Teatro, o espetáculo estreia no dia 08 de novembro no Teatro Barracão.
POCKET

Gratuito: Escritor curitibano celebra o dia dos finados com leitura de textos de Fernanda Young

Leitura dramática “Fernanda Young é um cadáver que me sorri” será realizada no Café Mafalda pelo escritor curitibano Rômulo Zanotto